Português

Literatura é tradução, tradução é literatura: todos os livros da Edição Delta são obras poéticas com tradução em Alemão. A nova lírica da América Latina e da Península Ibérica desenvolveu, desde a vanguarda modernista, no início do século 20, uma riqueza criativa, que procura o seu par pelo século 21 adentro e que está aqui ligada com várias obras e nomes pouco conhecidos aqui.

Entre eles encontram-se clássicos grandes e sonantes da Modernidade, como Rubén Darío, Juan Ramón Jiménez, António Ramos Rosa, Miquel Martí Pol, Roberto Juarroz, José Emilio Pacheco, Haroldo de Campos ou Juan Gelman, que esteve presente na Feira Internacional do Livro – Argentina, em 2010, em Frankfurt am Main, e novas descobertas mais jovens como: Alberto Szpunberg, Maria-Mercè Marçal, Andrés Sanchez Robayna, ou Juan Manuel Roca e as líricas lusófonas Conceição Lima e Ana Paula Tavares, de África. A par dos títulos latino-americanos, espanhóis, portugueses e catalães surge, recentemente, uma nova série de literatura coreana, que deita um olhar curioso para o extremo oriente, dado que a periferia das literaturas mundiais constituem os centros de inovação criadores.

Desde 2005 que todos os livros bilíngues da Edição Delta de Stuttgart foram traduzidos do Árabe, do Alemão, do Francês, do Catalão, do Coreano, do Maya-K’iche’, do Português, do Sefardita, do Espanhol e do Vietnamita.

Quanto à série de poesia da língua portuguesa contam-se, até agora, vários volumes de poesia de António Ramos Rosa, Casimiro de Brito, Conceição Lima, Ana Paula Tavares, Eugénio de Andrade e Haroldo de Campos.

suprcomonlineshop